abril 22 2013 0Comentário

Um futuro menos oneroso ao estado

Segundo projeções da Organização Mundial das Nações Unidas, em meados de 2025 o planeta alcançará a preocupante marca de 9 bilhões de habitantes. Caso a humanidade não mude radicalmente várias formas de procedimentos insustentáveis, entre eles, o comportamento ambiental e a adoção de hábitos equivocados, poderá chegar aquele ano assolado por doenças degenerativas, alergias, obesidades, e inúmeras doenças infecciosas direta ou indiretamente resultantes da degradação do meio ambiente, escassez ou contaminação dos recursos hídricos e dos alimentos. O meio ambiente poderá estar em condições tão deterioradas que a recuperação de muitos recursos vitais para a sobrevivência humana, em especial a água potável poderá ser irreparável. Esse projeto propõe ações educativas voltadas para conscientização das expectativas pessimistas das atuais projeções. Como instrumento de operacionalização utiliza-se tecnologia orgânica, com base na coleta seletiva de lixo e compostagem de sua fração orgânica transformando-a em compostos orgânico. Insumo agrícola de alto valor biológico. Criação de minhocas para obtenção de húmus, captação, armazenagem e tratamentos de águas pluviais para serem utilizadas nos projetos acima. A escolha da horta orgânica como elemento aglutinador das ações de educação ambiental e de ecologia alimentar justifica-se pelo fato de que hortaliças e frutos orgânicos suprem a dieta alimentar de vitaminas, sais minerais e fibras vegetais de alto valor biológico.

 

Reprodução permitida:

Apoio:

  • Radio www.compartilhandoosaber.com.br
  • Transformando vidas e unido pessoas.

Levar ao público em geral informações sérias não tendenciosas, geradas por instituições ou pessoas que realmente se preocupam com a qualidade do conhecimento e acreditam que estes devem ser para todos.

Contato:

orlando@omelhordanatureza.com.br

www.facebook.com/orlando.vettorazzo

 

Contatos: Fixo. 11 – 4563-5831

Whats App – 11 – 9 8926 1683    

 

 

 

Deixe seu comentário